Jéssica Lopes: o super poder de amar a si mesmo

A gaúcha Jéssica Lopes nasceu em Porto Alegre, mas viveu boa parte da sua vida em Rio Grande, um pequeno município do Rio Grande do Sul. Hoje, aos 28 anos, a influencer se tornou uma das maiores referências de estilo plus size, saúde mental e auto aceitação.

Jéssica começou aos 16 anos o seu próprio blog, o “Femme Fatale by Jeh”, e costuma contar em entrevistas que iniciou na internet quando “tudo era mato”, afinal, quando começou com as postagens, o YouTube tinha sido criado há apenas 2 anos.

Conheça a importância de Jéssica Lopes, nossa Talento-Polen que está presente na vida de tantas mulheres! Inspire-se e seja convencido do porquê pedir um vídeo personalizado dessa grande mulher pode ajudar uma outra mulher que você admira!

Jéssica Lopes: o início de tudo

Muitas comunidades do Orkut marcaram época! Algumas foram o pontapé inicial para muitos relacionamentos, círculos sociais e principalmente criadores de conteúdo. E foi assim que Jeh se inspirou para começar o seu blog.

Depois de ver um tópico com uma resenha sobre maquiagem na comunidade “Eu Amo Maquiagem”, a influencer teve o insight de montar o próprio blog dando dicas como consumidora de produtos de maquiagem e cosméticos.

Ainda com o fardo da fase da adolescência, onde rondam diversas inseguranças com o próprio corpo e principalmente com o peso, Jéssica Lopes, uma garota gorda, viu a oportunidade de também conversar com outras meninas e dar dicas sinceras sobre os produtos de beleza!

Esse foi o primeiro passo para uma carreira que se tornou sua principal fonte de renda 12 anos depois do Femme Fatale by Jeh. Com o tempo, seus fãs começaram a querer mais de Jéssica. Queriam agora se aproximar: conhecendo sua vida, seus looks e seus gostos pessoais.

O sucesso foi tanto que, tempos depois, Jéssica Lopes estava viajando o Brasil e ministrando seu próprio curso de automaquiagem. Os seus looks também eram marcantes, e como há alguns anos a moda Plus Size ainda era muito inacessível, ganhava ainda mais admiradoras através da identificação.

O que era apenas um passatempo na internet se tornou trabalho em tempo integral: em 2015, Jéssica tornou seu nome em marca própria, com uma equipe inteira de produção, contabilidade e advogados para cuidarem dos seus maiores bens: a sua imagem e a sua mensagem.

A musa da autoaceitação precisou se aceitar também 

Jéssica Lopes - Polenmais - Polen.me

Apesar de sempre lidar bem – na medida do possível – com o fato de ser uma garota acima do peso, a infância e adolescência de Jéssica Lopes foram cheias de altos e baixos, causados pelo bullying que vinham tanto de sua família, quanto dos amigos da escola por conta do seu peso.

 

Em algumas entrevistas, Jeh relembra que depois de uma ocasião onde todos os colegas de sala se uniram para rir do seu peso, Jéssica emagreceu 40kg durante as férias de forma nada saudável, e claro, recuperou tudo meses depois.

 

Quando tomou ciência de que lutar contra quem era não iria levá-la a lugar algum, Jéssica se tornou referência. Mesmo não estando 100% liberta dos próprios julgamentos, ela não se prendia tanto a roupas que, geralmente, eram separadas em “para mulheres com corpo padrão”, usando o que gostava e se sentia bem.

 

“Iniciei meu processo de auto aceitação há 12 anos, quando comecei na Internet. Eu não virei uma chave, foi uma construção diária”

Uma “virada de chave” em seu conteúdo

Durante a pandemia, muitas pessoas acabaram voltando o olhar para outras áreas da vida. O autoconhecimento foi um dos temas que estiveram mais em alta nessa fase e para Jéssica não foi diferente.

“Meus conteúdos são relevantes?”, por que falar sobre maquiagem se ninguém está saindo?”, “moda? Todos estão trancados em casa!”. Esses foram alguns dos questionamentos que rondaram Jéssica Lopes durante esses dois anos.

A partir daí, junto aos seus seguidores, a influencer começou a se fortalecer internamente. Foi um período muito delicado, por conta da sua depressão e crises de ansiedade, mas essa era a hora de mostrar uma nova Jéssica ainda mais real para as suas seguidoras.

Esse foi o “boom” da gaúcha. De 140 mil, em apenas um ano e meio a influencer chegou aos 800 mil seguidores no Instagram. O motivo desse sucesso nas redes sociais foi um só: a sua transparência com as suas “consagradas”, como ela chama suas seguidoras carinhosamente.

Foi um processo mútuo de autoaceitação para Jéssica Lopes, que estava “por trás” das telinhas e para quem estava em frente às telas assistindo diariamente. De maquiagem e moda, seus temas agora variaram para: saúde mental, plus size, body positive e amor próprio.

Jéssica Lopes - Polenmais - Polen.me

O amor de infância se tornou marido

Em meio a toda a construção de sua carreira de sucesso, Jéssica não imaginaria que 13 anos depois se casaria com o seu amor do colégio, que é também seu sócio em sua marca pessoal.

A história de Jéssica Lopes e Gabriel Cozza começou em Rio Grande, quando a influencer tinha apenas 13 anos de idade. Apesar da paixão adolescente, o romance não rolou! O motivo é que o melhor amigo de Gabriel era apaixonado pela gaúcha.

Depois de um longo relacionamento que durou 9 anos com outra pessoa, Gabriel foi uma peça importante para que Jeh superasse o fim dessa relação. Como bons amigos! Apesar disso, “só” a amizade não durou muito e, em alguns anos, se tornaram namorados.

O namoro evoluiu e se tornou casamento. Hoje, além dos conteúdos voltados ao empoderamento de outras mulheres, no Instagram e Canal do YouTube oficiais da gaúcha, os seguidores podem acompanhar cada etapa da nova conquista do casal: a casa própria!

Segundo Jéssica, é preciso se amar primeiro para permitir que outra pessoa a ame e que daí, possa surgir um relacionamento saudável. Além disso, a influencer mostra que corpos gordos merecem e devem ser amados.

“Eu quero ser lembrada como uma mulher que levantou outras mulheres”

“Plus Size-se VIP”: uma comunidade de autoaceitação

O logotipo da marca de Jéssica Lopes é um raio. Segundo a gaúcha, o fenômeno foi escolhido para ilustrar a força da natureza, representando a força feminina e da auto aceitação, que deve ser um fenômeno da natureza humana.

Falar para mulheres no Instagram não era mais suficiente. Daí nasceu a comunidade exclusiva de Jéssica, a Plus Size-se VIP. Um clube de assinatura mensal a um preço acessível para mulheres com todos os tipos de corpos que estão precisando de um “empurrãozinho” para descobrirem o amor próprio.

Jéssica Lopes acredita que o processo de autoaceitação está dividido em seis pilares: a base é a autoestima, desse pilar vem todos os outros. Depois vem o “eu”, o financeiro, profissional, social e amoroso e o equilíbrio entre corpo e mente.

No clube, as consagradas interagem entre si e Jéssica libera conteúdos exclusivos semanais que ajudam no processo de autoconhecimento. Muitas vidas já foram mudadas e o principal intuito da influencer é encurtar o processo para que seja menos doloroso, como foi para ela.

“Promover a transformação na vida de quem me segue é o meu propósito”

Jéssica Lopes - Polenmais - Polen.me

Jéssica Lopes é um exemplo de superação, autoaceitação e amor próprio. É através dela que muitas mulheres conseguem se olhar com mais carinho para seus corpos, sejam eles plus size ou não.

Que tal pedir um vídeo personalizado da Jéssica Lopes para inspirar mulheres empoderadas da sua empresa?  Clique aqui e solicite agora um vídeo-Polen para negócios!

Compartilhem com amigos, clientes e colaboradores:

Você também irá gostar de ler

Gaby Lopes: o novo fenômeno da música e do Tik Tok

Com o boom das redes sociais e das novas trends criadas no Tik Tok que hoje estão presentes em diversas...
Victor Melo - Vídeo personalizado para empresas - Polen

De Pernambuco para o mundo: Victor Melo e seus números impressionantes

  O nordeste brasileiro é berço de humoristas com renome nacional. Whindersson Nunes, Carlinhos Maia e Ademara são alguns dos...

Deixe seu comentário